Querida Professora

Vem cá professora, preciso falar-te?



Pode ser que estejas cansada? Foram tantos os problemas desse dia. Foi penoso aturar o chefe. Foram longas as horas de trabalho. E pode ser que estejas preocupada?



São tantas as diferenças sociais! São tantos os problemas na família! E grande a responsabilidade que lhe confiamos!



Deves estar apressada? O trabalho fica tão longe. O ônibus está atrasado. A fila já dobra a esquina. A gasolina tão cara. Talvez esteja mesmo angustiada? A vida anda tão difícil. O salário já chegou ao fim.



Mas, apesar do cansaço, da pressa e da angústia? eu insisto: preciso falar-te! Preciso que me escute. Trago recados de tanta gente.



Houve alguém que praticou uma boa ação e manda dizer-te que foi porque teu exemplo convenceu.



Outro que venceu na vida e manda dizer que foi porque tuas lições permaneceram.



Um outro que superou a dor disse que foi a lembrança de tua coragem que o ajudou?



E toda a gente desta cidade, Estado e Pátria manda dizer que és importante, que sua presença na educação é fundamental?



Você tem nas mãos a grande arma? Seus alunos!



Você é especial? Parabéns!


Deixe seu Comentário